Páginas

quinta-feira, 12 de setembro de 2013

Appai na Bienal

       

A XVI Edição da Bienal do Livro acabou e a sensação que fica é a de dever cumprido. Após os onze dias da maior feira literária da América Latina, a Appai traz um resumão da programação que contribuiu de forma tão positiva para o evento.
       Para prestigiar os nossos queridos profissionais da educação, abrimos espaço para que professores autores divulgassem suas obras, trocassem experiências, autografassem seus livros batendo um papo com os leitores. Foi o Café Literário, realizado no estande da Appai, que contou com a participação de trinta e quatro educadores escritores, como Adílio Jorge Marques, autor de várias obras.
       O Grupo Teatro Novo, formado por atores portadores da síndrome de Down e dirigido pelo psicólogo Rubens Emerick Gripp, apresentou seu espetáculo cênico no auditório da Bienal reservado pela Appai. Inclusão, cultura, reflexão e diversão conduziram a apresentação e causaram emoções diferentes no público.
       Para dar partida a um dos objetivos propostos pela Appai, que é fornecer capacitação e complemento à formação dos professores, foram realizados a Palestra sobre Comportamento Infantil, o Seminário de Educação Inclusiva e o Workshop da Secretaria de Educação de Caxias. O Dr. Gustavo Teixeira, psiquiatra da infância e adolescência, abordou em sua palestra o assunto do qual é especialista. O Seminário de Educação Inclusiva trouxe palestrantes estudiosos dos temas relacionados à Inclusão, tais como Tecnologias Educacionais, Metodologias de Ensino e Perspectivas à formação docente.