Páginas

segunda-feira, 30 de novembro de 2015

10 e-books gratuitos para quem trabalha com educação


























Eles não têm o velho charme nem aquele familiar cheiro de papel, mas, para quem busca praticidade, os livros on-line podem ser bons aliados na hora de investir na atualização profissional. Na área da educação, há diversos e-books disponíveis gratuitamente que contribuem tanto para a atuação quanto para a formação docente. A Revista Educação selecionou dez títulos que abordam temas como educação infantil, uso de tecnologia na sala de aula, políticas públicas e pesquisas científicas. Os livros podem ser baixados na web, no formato PDF, ou em smartphones, via PlayStore.

Tendo como cenário a inclusão social e escolar, o livro trata dos processos de aprendizagem e comportamento na vertente pedagógica e clínica.

Autores: Tânia Gracy Martins do Valle; Ana Cláudia Bortolozzi Maia
Páginas: 225
Editora: Unesp

O livro é uma compilação de artigos que resultaram das monografias da primeira turma do curso de Especialização em Novas Tecnologias na Educação. Entre os temas tratados estão vídeos e jogos digitais, a tecnologia a serviço da inclusão e tutoria na educação a distância.

Autores: Robson Pequeno de Souza; Filomena M. C. da S. C. Moita; Ana Beatriz Gomes Carvalho
Páginas: 276
Editora: Eduepb


Composto por seis capítulos, o e-book aborda a prática sociosseletivista da universidade, problematiza a qualidade e a cientificidade da educação universitária e apresenta um estudo de caso da educação universitária em Barreiras e no extremo oeste da Bahia.

Autor: Pedro Bergamo

Páginas: 296
Editora: Eduepb

Os desafios que a contemporaneidade apresenta para a formação dos profissionais da educação são o tema central do livro, que trata também da atualidade do pensamento de Freinet, Vigotsky e Paulo Freire.

Autores: Antônio Dias Nascimento; Tânia Maria Hetkowski

Páginas: 400
Editora: Edufba

Estão presentes no livro assuntos como ciência, tecnologia, tecnocracia e democracia; política científica; universidade, ciência e subdesenvolvimento; e espaço acadêmico.

Autor: Simon Schwartzman

Páginas: 142
Editora: Centro Edelstein

Marcado por intensas reformas educacionais, o período de 1990 a 2001 é investigado no livro pela perspectiva do discurso veiculado na imprensa e na forma como os professores leitores aprenderam esse discurso.

Autores: Jani Alves da Silva Moreira; Angela Mara de Barros Lara
Páginas: 246
Editora: Eduem

Focado na educação infantil como um dos direitos da criança, o e-book trata de políticas públicas para a infância, analisando as concepções de criança, seus direitos e educação infantil.


Autor: Lucimary Bernabé Pedrosa de Andrade
Páginas: 193
Editora: Unesp

Considerando fundamental o protagonismo dos professores na inserção de mudanças nas práticas e nos currículos escolares, os autores trabalharam com uma amostra de 533 docentes, indicando propostas para efetivação de políticas de formação contínua.

Autores: Cristiano Amaral Garbaggi Di Giorgi; Monica Fürkotter; Yoshie Ussami Ferrar Leite; Vanda Moreira Machado Lima; Naiara Costa Gomes de Mendonça; Maria Raquel Miotto Morelatti

Páginas: 139
Editora: Unesp


Com base em pesquisas desenvolvidas a partir dos anos 1990, o livro preocupa-se com a formação e a atuação docente, partindo da racionalidade da constituição do trabalho docente em sala de aula.

Autor: Marilda da Silva

Páginas: 114
Editora: Unesp

Os grandes temas do livro são a responsabilidade e o compromisso da escola com o mundo em que vivemos. A partir disso, os autores tratam de políticas públicas, formação de professores, valores e educação, além de práticas educativas.

Autores: José Milton de Lima; Divino José da Silva; Paulo Cesar de Almeida Raboni

Páginas: 357
Editora: Unesp

sábado, 28 de novembro de 2015

Ajude Mariana


A Appai - através do PPAS - estará distribuindo grande quantidade de latas de leite (arrecadadas pelos benefícios Caminhadas e Corridas e Dança de Salão), e doando garrafas de água para as vítimas do acidente na barragem em Minas Gerais através da Cruz Vermelha/RJ. Se você quiser participar dessa ação, compareça em nossa sede (Rua Senador Dantas, 117 - Sobreloja 211) nos dias 30/11, 01 e 02/12, com itens de higiene pessoal e alimentos, além de água e leite. Entre nessa corrente e ajude Mariana!

sexta-feira, 27 de novembro de 2015

Queremos ouvir sua voz no lançamento da nova Rádio Appai





























Já pensou em ouvir a sua voz na nova Rádio AppaiNo 27º Grande Baile você terá a chance de viver a experiência de ser nosso locutor e participar* da programação da Rádio Appai: A Voz do Professor. E, para quem ainda não retirou o convite, hoje é o último dia. Nos vemos lá! #partiubaile

*Sujeito a disponibilidade da programação.

quinta-feira, 26 de novembro de 2015

Retirada de Kit – Circuito Extreme





























Olá, associados! Informamos que o kit do Circuito Extreme (Etapa Paradiso Clube) já pode ser retirado na sede da Appai, entre sexta (27/11) e sábado (28/11), das 8 às 17 horas. É possível também ter acesso a ele no dia da corrida (29/11) na tenda da associação, a partir das 6 horas e até meia hora antes da largada. Lembrando que o kit da corrida só será entregue ao próprio participante, ou seja, terceiros não poderão retirá-lo. Garanta o seu e boa prova!

quarta-feira, 25 de novembro de 2015

Doar sangue é uma atitude que pode salvar vidas














25 de novembro, dia dedicado às pessoas que reservam um tempinho do seu dia para doar sangue, também serve para informar e conscientizar a população sobre a importância de ser um doador, um ato solidário que ajuda a salvar milhares de vidas todos os dias, através de transfusão sanguínea. Atualmente, no Brasil, são doadas cerca de 3,6 milhões de bolsas do precioso líquido por ano, segundo dados do Pró-Sangue.

No Dia Nacional do Doador Voluntário, os bancos de sangue de todo o país realizam atividades lúdicas e mutirões de coleta em escolas, hospitais, shoppings, praças e demais espaços de acesso público. Neste dia, lembramos da nossa parceria com o Hemorio desde 2008, através do Programa de Projetos e Ações Sociais (PPAS), pois, ao longo desses anos, foram desenvolvidas diversas campanhas mobilizando os funcionários da Appai para realizar a doação de sangue.

Mas quem pode doar? De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), é necessário:
  • Ter entre 16 e 68 anos;
  • Ter acima de 50 quilos;
  • Não ter Hepatite B, Hepatite C, Doença de Chagas, Sífilis, HIV (Aids), HTLV;
  • Estar bem alimentado e descansado;
  • Se estiver gripado, esperar no mínimo sete dias para poder doar sangue;
  • No caso das grávidas, aguardar entre 90 e 180 dias após o parto para fazer sua doação.
Obs.: Após uma doação de sangue as mulheres devem esperar 90 dias para voltar a doar, enquanto com relação aos homens esse período é de no mínimo 60 dias.

Que tal comemorar essa data doando sangue? Acesse o site do Hemorio e saiba como participar.

terça-feira, 24 de novembro de 2015

Chegaram os polos de treinamento mais aguardados


























Você pediu e eles chegaram! Sempre atenta às solicitações de seus associados, a Appai – através do Benefício Caminhadas e Corridas – coloca a partir deste mês mais duas opções de locais para você treinar.

Madureira
Horário: 18:00 às 19:00 e 19:00 às 20:00
Dias: Segundas e Quartas
Local: Parque de Madureira
Endereço: Rua Soares Caldeira, s/nº – Madureira – RJ

Realengo
Horário: 7:00 às 8:00 e 8:00 às 9:00
Dias: Terças e Quintas
Local: Campo do São Luiz
Endereço: Avenida Frederico Faulhaber com a Rua Regência, 291 – Realengo – RJ – Próximo à Escola Municipal Azul e Branco

Não perca tempo e inscreva-se agora mesmo!

segunda-feira, 23 de novembro de 2015

Tire um final de semana para andar de Bike


A bicicleta já foi um dos principais meios de transporte no mundo, mas hoje a história é bem diferente. Grande parte das pessoas nunca teve uma bicicleta própria ou deixa a sua cheia de teias de aranha na garagem. Seja por preguiça ou falta de tempo, quem não costuma pedalar está perdendo inúmeros benefícios, desde definir músculos até apreciar uma paisagem de tirar o fôlego.

Mas por que andar de bicicleta? Faz bem à saúde, trabalha os membros inferiores, funciona como meio de transporte, melhora a frequência cardíaca, oferece baixo impacto, tem pouco custo de manutenção e ainda promove a sensação de liberdade e independência.

O Rio possui extensas ciclovias e locais reservados para andar de bicicletas. As principais vias para ciclistas começam na Marina da Glória no centro da Cidade, passando por toda a Zona Sul até o Leblon. Existem também inúmeras outras, interligando partes da cidade como a Lagoa Rodrigo de Freitas, outra em São Conrado, além de Barra da Tijuca e Recreio dos Bandeirantes.

As atrações encontradas ao longo das ciclovias em muitos casos são a própria vista ao redor, como praias e enseadas, parques e jardins, construções ou monumentos e florestas. Tudo vai depender do roteiro escolhido. As ciclovias, além de serem espaços de lazer, proporcionam também uma forma alternativa de transporte individual, de forma saudável e sustentável, ou seja, sem poluir ou causar danos ao meio ambiente.


E, para quem não tem bicicleta e gosta de pedalar apenas de vez em quando, existe a opção de alugar uma para passeio. Clique aqui para saber mais.

Escolha a zona e confira o mapa completo das ciclovias na Cidade Maravilhosa
  1. Zona Sul & Centro
  2. Zona Norte e Oeste

sexta-feira, 20 de novembro de 2015

20 de novembro: o Dia da Consciência Negra

Foto: Tatiana Barradas e os alunos do C.E Professora Regina Célia




















A data da morte de Zumbi dos Palmares, líder da resistência negra à escravidão na época do Brasil Colonial, representa, no plano simbólico, a herança histórica da população negra no processo de libertação e de luta por direitos violados. Comemorado há mais de 30 anos por ativistas do movimento negro, a data foi incluída em 2003 no calendário escolar nacional. Contudo, somente com a Lei 12.519, de 2011, foi instituído oficialmente o Dia Nacional de Zumbi e da Consciência Negra.

A criação da data serve como um momento de conscientização e reflexão sobre a importância do povo africano na formação cultural brasileira. Os filhos do Continente Negro colaboraram muito, durante nossa história, nos aspectos políticos, sociais, alimentares e religiosos de nosso país. Por isso é um dia que devemos comemorar nas escolas, nos espaços culturais e em outros locais semelhantes, valorizando a cultura afro-brasileira.

A figura de Zumbi dos Palmares é especialmente reivindicada pelo movimento negro como símbolo de todas essas conquistas, tanto que a lei que instituiu o dia da Consciência Negra foi também fruto dessa busca por igualdade. O nome de Zumbi, inclusive, é sugerido nas Diretrizes Curriculares Nacionais para Educação das Relações Étnico-Raciais e para o Ensino de História e Cultura Afro-Brasileira e Africana como personalidade a ser abordada nas aulas de ensino básico como exemplo da luta dos negros no Brasil.

Assista, abaixo, o documentário “O Negro no Brasil”, de Luciana Barreto, transmitido pelo Canal TV Brasil, em 2011.

quinta-feira, 19 de novembro de 2015

Que tal viajar para um dos destinos mais badalados da Região dos Lagos?





























A dica de hoje é Rio das Ostras. Através do Benefício Boa Viagem, conheça um dos mais belos e completos roteiros turísticos e culturais do Brasil. Seja no Centro ou na orla dos bairros, a cidade convida para bons momentos. Bares, restaurantes e quiosques com o melhor da gastronomia regional.

Atrações como a Praça da Baleia e a área de lazer na orla de Costazul são incorporadas ao cenário natural com as obras de paisagismo e urbanização das praias do Centro e da Tartaruga. Quem busca descanso encontra na simplicidade do interior o lugar ideal. O Circuito Eco-Rural de Rio das Ostras reúne campo, montanhas e lagos. Não perca tempo e programe já a sua viagem!

Lembrando que os passeios turísticos não estão incluídos no Boa Viagem. O Benefício só garante diárias nos hotéis e pousadas conveniados. As dicas disponibilizadas no blog são apenas sugestões. Confira as regras para a utilização de suas diárias gratuitas e agende já sua próxima viagem!

* Agendamento sujeito a disponibilidade das pousadas. Consulte o regulamento.

quarta-feira, 18 de novembro de 2015

Retire seu convite para o 27º Grande Baile





























Você já pode retirar seu convite para o evento mais aguardado do ano. Para quem fez a solicitação entre os dias 1 de outubro e 23 de novembro, a retirada deve ser feita entre os dias 16 e 26 de novembro, na sede da Appai (Rua Senador Dantas, 117, sobreloja 211 – Centro – Rio de Janeiro). Lembramos que os associados devem trazer identidade, carteira da Appai e duas latas de leite para cada convite solicitado. Nos vemos lá!

terça-feira, 17 de novembro de 2015

Revista Appai educar abre debate sobre Relação Família-Escola
























A nova edição da Revista Appai Educar traz uma discussão acerca das supostas obrigações dos professores e da família. No cenário atual, o que mais temos ouvido são pais reclamando da falta do cumprimento de ações que, segundo eles, competem aos educadores, diga-se, à escola. Do outro lado da sala, docentes frustrados com a pouca participação dos pais na vida escolar de seus filhos questionam o baixo desempenho dos estudantes em vista do que é aplicado em sala de aula. Na busca por melhores resultados para os alunos, pais e professores se questionam sobre a fórmula ideal para resolver esses dilemas. Confira esse e muitos outros assuntos na versão on-line da Revista Appai Educar, edição 96.

segunda-feira, 16 de novembro de 2015

Você é um viciado em celular?


























É claro que a vida ficou bem mais prática e a distância entre as pessoas mais estreita com a chegada dos smartphones. Mas é certo também que, com estes aparelhos, algumas pessoas estão perdendo a noção do tempo e lugar para utilizá-los causando, muitas vezes, mal-estar a quem está por perto. A Dra. Dirley Lellis, psicóloga e membro do Conselho Regional de Psicologia de Minas Gerais, dá algumas dicas que podem ajudar você. Confira:

Abandone o vício
A especialista explica que o vício pode também ser definido como uma prática irresistível do mau hábito, ao ponto de a pessoa não conseguir ficar sem o smartphone e prejudicar suas relações pessoais ou mesmo suas atividades ligadas ao estudo, trabalho e lazer. Em casos como estes, a especialista recomenda procurar um terapeuta para que sejam colocados limites ao uso do aparelho.

Perigo
Além de inconveniente, o uso indevido do celular também pode causar acidentes graves e até fatais no trânsito. “É preciso mudar essa cultura de normalidade no uso de celulares, principalmente ao dirigir, até porque o motorista precisa estar atento ao trânsito e não ao celular”, defende Dirley. Por outro lado, Ligia Marques, consultora de etiqueta e marketing pessoal de São Paulo, lembra que, por causa do tempo que passamos dentro do carro, fica inevitável não atender uma chamada telefônica, por exemplo. “Ainda que seja possível colocar o aparelho no painel do viva voz, esta prática não impede que o motorista se distraia. Mesmo havendo alternativas, o ideal mesmo é parar e só depois atender”.

Dicas de etiqueta
Para evitar inconvenientes de qualquer espécie, fique atento às dicas da consultora Ligia para o uso do celular de maneira mais consciente.

– Evite incomodar as pessoas com o som alto do toque do celular.

– Respeite as placas de sinalização. Elas indicam onde é possível ou não atender o celular em determinados lugares públicos, como, por exemplo, em cinemas, teatros e local religioso.

– Ao estar em companhia de outras pessoas, procure deixar o aparelho no modo silencioso, assim é possível dar-lhes mais atenção e, se está à espera de alguma chamada urgente, procure desculpar-se antecipadamente caso precisar atendê-la.

– Teclar mensagens, interromper conversas ou refeições para atender uma chamada são gestos que devem ser evitados.

Fonte: Revista da Drogarias Pacheco

sexta-feira, 13 de novembro de 2015

Horário de atendimento do nosso WhatsApp





























A Appai tem um novo canal de comunicação: o WhatsApp. Com ele, você tira suas dúvidas sobre 2ª via de boletos e tem informações sobre o quadro de profissionais colaboradores. Para outros assuntos, o atendimento continua sendo feito através do fale conosco e pelo chat on-line. Então anote aí o nosso número: (21) 9 9206-0464.

Lembrando que a comunicação deverá ser feita apenas por mensagem de texto no horário das 8 às 22h.

Retirada do kit – Corrida das Academias





























Olá, associados! Informamos que o kit da Corrida das Academias já pode ser retirado na sede da Appai, entre hoje (13/11) e amanhã (14/11), das 8 às 17 horas. É possível também ter acesso a ele no dia da corrida (15/11) na tenda da associação, a partir das 6 horas e até meia hora antes da largada. Lembrando que o kit da corrida só será entregue ao próprio participante, ou seja, terceiros não poderão retirá-lo. Garanta seu kit e boa prova!

quinta-feira, 12 de novembro de 2015

Projeto Terceira Idade: um Passeio Cultural na Cidade Imperial





























Os Associados da Appai, através do Benefício Passeio Cultural e do Projeto Terceira Idade, puderam reviver um pouco da história de Petrópolis, a Cidade Imperial. Localizada na serra fluminense e construída durante o império no Brasil, ficou conhecida por ser a rota preferida de Dom Pedro para seus momentos de lazer e repouso. E, graças ao calor do Rio de Janeiro, o município, envolto por deslumbrantes paisagens montanhosas, foi fundado para servir de refúgio para a realeza. Irritado com as altas temperaturas da capital, Dom Pedro II e toda a elite do império procuravam um clima ameno na serra para passar os meses de verão. Muitos palácios foram erguidos e hoje a cidade preserva várias construções desse gênero, a maioria com programações abertas à visitação. Entre as principais atrações de Petrópolis, os participantes visitaram a Quitandinha, a Catedral de São Pedro de Alcântara, o Museu Imperial, a Casa de Santos Dumont e o Palácio de Cristal. As fotos você pode conferir na Fanpage oficial da Associação.

quarta-feira, 11 de novembro de 2015

Roda de saúde intensifica as campanhas Outubro Rosa e Novembro Azul



























Após outubro ser marcado pela campanha de mobilização para prevenção do câncer de mama, conhecida como Outubro Rosa, neste mês é a vez dos homens. Novembro Azul é internacionalmente dedicado às ações relacionadas ao câncer de próstata e à saúde masculina. Para enfatizar essas campanhas, a Roda de Saúde, do Programa Saúde 10 da Appai, promoveu um debate sobre os dois tipos de câncer.

A Sociedade Brasileira de Urologia recomenda que todos os homens, a partir dos 45 anos de idade, façam anualmente o exame de próstata, que compreende o PSA e o toque retal. Este último, segundo especialistas, é considerado indispensável e não pode ser substituído pelo exame de sangue ou por qualquer outro, como o ultrassom, por exemplo. Já o combate ao câncer de mama se faz presente há muitos anos no Brasil. Poucas pessoas sabem, mas, se o problema for descoberto em fase inicial, as chances de cura são bem maiores. Por isso é extremamente importante a verificação através de exames de rotina.

De acordo com a nutricionista da Appai Raquel de Azevedo, todas as mulheres acima dos 40 anos precisam passar pela mamografia pelo menos uma vez ao ano, já que nesta faixa etária se apresenta a maior incidência de casos. Homens, a partir dos 40, se houver episódios de câncer de próstata na família, devem procurar um urologista anualmente para realizar os exames preventivos.

O objetivo das campanhas da Appai é quebrar os preconceitos acerca do assunto, informar a população por meio de ações interativas, além de conscientizar sobre a importância da realização dos exames periódicos relacionados a esses tipos de câncer.

terça-feira, 10 de novembro de 2015

5 dicas para o professor evitar estresse e esgotamento profissional


























Dificuldade para dormir, falta de ar frequente e problemas digestivos podem ser sintomas da síndrome de Burnout, que já foi tema de uma palestra da Educação Continuada. A doença é caracterizada por um esgotamento mental e físico ligado principalmente a uma vida profissional intensa que não deixa espaços para que a pessoa cuide de si. A carreira de professor está entre as mais afetadas, principalmente pela grande responsabilidade que os docentes carregam.


Além do acompanhamento com um profissional da psicologia, há algumas estratégias que ajudam a não chegar a este ponto. Mary Beth Hertz, professora e colunista do site norte-americano Edutopia, elaborou cinco dicas para que o professor se afaste da síndrome de Burnout e para que o gestor ajude neste processo. Confira:

1. Continue com sua “outra” vida
O balanço entre a vida pessoal e profissional é importante. Segundo Mary, principalmente no começo da carreira, os professores acabam passando madrugadas e fins de semana se dedicando às aulas. É importante ter momentos para se desconectar do trabalho. Viagens e passeios com amigos de fora da escola são bons para relaxar.


2. Renove-se e saia da rotina
De acordo com Mary, uma das formas de caminhar para o esgotamento é ficar preso na mesma rotina por muitos anos. Por isso, manter-se arejado lendo novas teorias sobre educação e conversando com profissionais que realizam outras práticas pode ajudar a não chegar ao estresse extremo.


3. Cultive conexões
Mary ainda alerta que o isolamento é um fator que frequentemente leva ao esgotamento profissional. Por isso, se sentir parte do time dos professores de sua escola ou região pode ajudar a tornar o dia a dia menos estressante. Com esse intuito, os gestores podem reservar um tempo de trabalho dos educadores para socialização e compartilhamento de experiências.


4. Se mantenha leve
Agregue o humor e as risadas à sala de aula. Manter a expressão séria durante todo o tempo é difícil e pode tornar o dia a dia menos agradável. Os momentos que exigem seriedade existem, mas a colunista recomenda que o professor não se limite por causa deles.


5. Gestores, incluam o professor nas mudanças da escola
A ameaça de mudanças pode causar apreensão entre os profissionais. Se esses processos forem transparentes por parte da gestão da escola, o medo das mudanças não será mais um dos fatores que causam estresse para o educador.

segunda-feira, 9 de novembro de 2015

Agora fale conosco também pelo WhatsApp





























Você que estava acostumado a falar com a gente pelo telefone, chat on-line e até por e-mail vai adorar a novidade que temos para contar. A partir de agora, a Appai tem um novo canal de comunicação: o WhatsApp. Isso mesmo!

Com ele, você tira suas dúvidas sobre 2ª via de boletos e tem informações sobre o quadro de profissionais colaboradores. Para outros assuntos, o atendimento continua sendo feito através do fale conosco e pelo chat on-line. Então anote aí o nosso número: (21) 9 9206-0464.

sexta-feira, 6 de novembro de 2015

Saiba por que os professores recomendam a Revista Appai Educar



A nova edição da Revista Appai Educar já está prontinha pra ser lançada trazendo muita informação para o profissional de educação. A publicação 96 traz uma reflexão acerca da importância da parceria entre família e escola para o desenvolvimento e aprendizagem das crianças. Aguarde!

Appai, Sape e HUGG juntos na luta contra a Aids


Parceiros desde 2008, Appai- através do PPAS -, Sape (Sociedade dos Amigos da Pediatria do Hospital Gaffrée e Guinle) e HUGG (Hospital Universitário Gaffrée e Guinle) reforçam ainda mais essa parceria em homenagem ao Dia Mundial de Luta contra a Aids, celebrado no dia 1º de dezembro. Dessa vez o local escolhido para promover e difundir ainda mais esse apoio será o Circuito Light Rio Antigo (etapa Porto Maravilha), onde milhares de pessoas participarão do evento, no dia 6 de dezembro. O intuito da ação é fomentar e massificar essa conscientização, a fim de chamar a atenção da sociedade para a questão da prevenção da Aids/HIV. Abrace essa causa!

quinta-feira, 5 de novembro de 2015

Evite o estresse e a depressão e melhore sua memória





























Anda estressado? Esquecendo das coisas? Faça nossos cursos a distância, oferecidos pelo Benefício Educação Continuada, e veja como é fácil exercitar sua mente e evitar esses problemas.

Passos para potencializar a memória
Neste curso será explicado como funciona a memória e por que esquecemos alguns fatos, além de serem apresentadas técnicas de memorização e dicas que podem ajudar a potencializar a memória.

Como evitar o estresse e a depressão
Para saber a diferença entre estresse e depressão, e as características de cada um desses problemas de saúde, assista a esta teleaula com o renomado psicólogo e terapeuta Guilherme Falcão, que também indica como se pode evitar esses males.

Acesse o Portal do Associado e confira a relação completa de nossos cursos.

Inscreva-se agora mesmo!

quarta-feira, 4 de novembro de 2015

Retire seu convite para o 27º Grande Baile





























Você já pode retirar seu convite para o evento mais aguardado do ano. Para quem fez a solicitação entre os dias 11 e 31 de outubro, a retirada deve ser feita entre os dias 12 de outubro e 13 de novembro, na sede da Appai (Rua Senador Dantas, 117, sobreloja 211 – Centro – Rio de Janeiro). Lembramos que os associados devem trazer identidade, carteira da Appai e duas latas de leite para cada convite solicitado. Para quem ainda não fez a solicitação, em breve serão divulgadas as novas datas. Nos vemos lá!

Curso aborda metodologia e prática da Escola da Ponte

Projeto Âncora, inspirado em Escola da Ponte / Foto: Gustavo Morita


























Se você não pôde estar presente no estande da Appai na Bienal e perdeu o bate-papo com o educador José Pacheco, essa é a sua chance! A Escola da Ponte não segue um sistema baseado em seriação, ciclos e aulas expositivas. Na instituição, situada em Portugal, os jovens desenvolvem projetos de pesquisa, tanto em grupo como individuais, com a mediação de seus tutores. 

O modelo pedagógico é referência para diversas escolas ao redor do mundo, incluindo o Projeto Âncora, no Brasil. Para compartilhar suas experiências de aprendizagem e ensino, professores da instituição portuguesa promovem o curso on-line “Fazer a Ponte”, que está com inscrições abertas.

Segundo os organizadores, o objetivo das aulas não é apenas entender de forma mais detalhada sobre o que é praticado na Escola da Ponte, mas principalmente que sejam aplicados no cotidiano dos professores ideias, estratégias e procedimentos inspirados nesta outra forma de fazer educação. 

O curso ocorrerá de 9 de novembro a 18 de dezembro e terá carga horária de 10 horas por semana. As inscrições são pagas e devem ser feitas on-line. Os primeiros a realizar a matrícula receberão desconto de 50%.