Pular para o conteúdo principal

Brasil: campeão mundial em violência na escola. Como agir?

Agressão escolar. Casos que cada vez mais ganham espaço em conselhos de classe e reuniões. Histórias que acabam ultrapassando as fronteiras acadêmicas e repercutindo nas editorias policiais dos jornais e nas mídias sociais. Não raramente o professor acaba envolvido, como o protagonista da própria violência sofrida ou sendo cobrados dele uma atitude e uso de autoridade na intervenção nas agressões entre os alunos. São constantemente arrolados como testemunhas ou acusados de omissos pelos pais. Situação esta que coloca a categoria numa posição constrangedora. E, muitas vezes, o profissional não sabe como agir, já que não são explicitadas ou normatizadas formas de conduta para essas ocasiões.


Bullying entre alunos

A violência é um dos maiores estímulos ao afastamento de professores da sala de aula, seja por ser ele o agredido ou mesmo por apartar brigas entre alunos. Esse reflexo pode ser de modo temporário, através do aumento dos casos de licenças médicas, ou de maneira definitiva, com pedidos de demissão interrompendo a carreira do profissional.

Além dos ataques físicos, os virtuais também vêm crescendo de forma assustadora, alavancados pela falsa sensação de impunidade e de anonimato na Internet, que fazem com que se proliferem registros de assédio moral, ofensas verbais, ameaças, injúria, calúnia ou difamação.

Constantemente vemos professores se queixando do aumento do desrespeito no ambiente escolar. Infelizmente não é apenas uma sensação da categoria. A realidade é comprovada em números, como revela pesquisa feita pela Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico, que coloca o Brasil como o país campeão neste quesito. Denominado Talis (Teaching and Learning International Survey), a metodologia foi baseada em um questionário internacional, aplicado em 34 países, envolvendo 100 mil professores e diretores de escolas dos ensinos fundamental e médio.


Agressões pelo menos 1 vez por semana

O resultado é alarmante. Mais de 12% dos professores brasileiros disseram ser vítimas de agressões verbais ou de intimidação de alunos pelo menos uma vez por semana! Esses dados alavancaram nosso país como o campeão, com casos quatro vezes acima da média dos demais territórios pesquisados, que é de apenas 3,4%. Logo abaixo vem a Estônia (11%) e a Austrália (9,7%).

Já países com regimes mais conservadores, como Coreia do Sul, Malásia e Romênia, apresentaram índice zero de violência. O estudo também revelou que apenas um em cada dez professores no Brasil acredita que a profissão é respeitada pela sociedade, situação muito diferente daquela dos demais países analisados, entre eles a Malásia, em que 84% se consideram valorizados pela população.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Pedro II abre concurso federal para professor

Segue até o próximo dia 17 as inscrições para o concurso para preenchimento de vagas para novos professores no tradicional Colégio Pedro II. São 14 cargos efetivos nos ensinos Básico, Técnico e Tecnológico. Além disso os organizadores aproveitam para criar um banco de reservas para cada disciplina oferecida.
As inscrições são somente virtuais pelo site www.cp2.g12.br. Após preencher a ficha é necessário imprimir a GRU - Guia de Recolhimento da União - e efetuar o pagamento da taxa no valor de R$ 160,00. O concurso terá validade de 1 ano e poderá ser prorrogado por igual período.
Pertencente ao Governo Federal, o Pedro II é o terceiro colégio mais antigo do país ainda em atividade, depois do Ginásio Pernambucano e do Atheneu Norte-Riograndense. O Pedro II tem 13 mil alunos que estudam em 14 campi, sendo 12 no município do Rio de Janeiro, um em Niterói e um em Duque de Caxias, além de uma unidade de educação infantil.
Salário pode dobrar com titulação profissionalO salário básico é de R$ 4…

Passo a passo para utilizar o Benefício Boa Viagem

Olá, associado! Ainda tem dúvidas em relação ao Benefício Boa Viagem? No post de hoje vamos esclarecer essas questões e ainda mostrar o passo a passo de como utilizar este benefício.
1 – Leia o RegulamentoO primeiro passo é ler o regulamento e ficar atento às regras, cláusulas e condições do benefício. O regulamento está disponível em: http://www.appai.org.br/beneficio-boa-viagem.aspx
Site da Appai → Benefício Boa Viagem → Regulamento

2 – Pousadas Conveniadas O associado e beneficiário, regulares na Appai, deverão verificar os hotéis e pousadas no Guia do Associado ou em nosso site e fazer a sua escolha. São diversas opções de roteiros, que vão desde a calmaria da região serrana até as mais belas praias do Estado do Rio de Janeiro.
Site da Appai → Benefício Boa Viagem → Destinos e Pousadas

3 – ReservasDepois de escolher o destino e a pousada de sua preferência, o associado e/ou beneficiário deverão entrar em contato diretamente com o estabelecimento conveniado para fazer a reserva de estad…

A verdade sobre a "Loura do Banheiro"

Sem dúvida nenhuma: é a lenda urbana mais forte no Brasil, que de tempos em tempos ressurge como uma fênix, com uma nova roupagem, mas a essência continua a mesma. A “Mulher Loura”, como é conhecida no Rio, uma redundância em gênero que deixa os professores de português de cabelo em pé. Porém, na verdade ela assusta mesmo é gerações de estudantes. Certamente muitos professores que hoje tentam, em vão, acalmar seus alunos e desmistificar já foram aterrorizados por ela, um dia, quando frequentavam as carteiras escolares. A histeria coletiva chegou ao ponto de casos de escolas que suspenderam as aulas até que os alunos se acalmassem.

Evitar o banheiro a todo custoPara os professores um trabalho a mais. Muitos não iam ao banheiro sem que a professora fosse junto. Outros formavam grupos para seguirem coletivamente. Não era raro alguns prenderem suas necessidades esperando voltar para casa. Isso, quando não acontecia o pior, ao não resistirem a todo esse tempo de abstinência. Nunca vou me es…

3 novos destinos do Benefício Boa Viagem para você descansar

Chegou a hora de programar sua viagem. Com o Benefício Boa Viagem, duas diárias em hotel ou pousada já estão garantidas para você e um acompanhante. Agora só falta você escolher o seu destino e arrumar as malas. A nossa dica é: Região Serrana do Rio de Janeiro. Conheça as opções e agende agora mesmo sua próxima diversão!

PenedoConhecida como destino romântico, a cidade é ideal para quem procura tirar uns dias de tranquilidade. Com arquitetura finlandesa, o local tem um polo gastronômico riquíssimo especializado na culinária europeia e ainda conta, nesta época natalina, com uma atração sensacional chamada de “A Casa do Papai-Noel”, situada no Complexo Comercial Pequena Finlândia, um ponto turístico que não pode deixar de ser visitado por quem escolhe este destino.

Cachoeiras de MacacuSe você é fã de água doce, este é o destino ideal para os seus tão sonhados dias de descanso. Este paraíso ecológico fluminense oferece diversas cachoeiras que formam duchas, tobogãs e piscinas naturais, tud…

Quem é o NATIVO DIGITAL que o PROFESSOR vai encontrar na escola?

.Os professores que atuam, hoje, conhecem bem as características dos alunos com quem vão topar nas escolas?
Para que você possa compreender e mergulhar nesse texto conosco, descubra antes a qual geração você pertence, analisando os dados abaixo:
Geração dos Baby Boomers (nascidos no período do pós-guerra, entre 1946 e 1960)Geração X (nascidos entre 1960 e 1980)Geração Y (nascidos entre 1980 e 1995)Geração Z (nascidos depois de 1995)
Agora que você já se localizou, vamos avançar compreendendo quais gerações fazem parte do grupo chamado “NATIVO DIGITAL”.
Da geração “Y” para frente é que a tecnologia digital foi se tornando presente por meio de videogames, Internet, telefone, celular, MP3, iPod. Portanto, é a partir dessa geração que a classificação “Nativo Digital” passou a existir.
Conheça o conceito de Nativo Digital (ND), formulado pelo próprio autor da expressão, Mark Prensky (2001), especialista em Tecnologia e Educação, pela Harvard School:
“Nativos digitais são aqueles que crescer…