Pular para o conteúdo principal

Escola Inovadora na Prática – Como tecnologia, aprendizagem e avaliação estão presentes?


Nossos olhos, corações e mentes estão voltados para o Projeto Âncora, por meio da série “Destino: Educação - Escolas Inovadoras/2016”, apresentada nesse mês pelo canal Futura. Hoje vamos saber como tecnologia, aprendizagem e avaliação estão presentes no dia a dia desse projeto.

1. Tecnologia – Plataforma
“Você já viu uma Plataforma de Ensino? Então, a gente ousou construir uma de aprendizagem e não de ensino.”

Essa frase, dita pela coordenadora pedagógica do Âncora, Claudia dos Santos, ilustra o que de fato acontece no projeto. Os alunos têm ao seu dispor uma plataforma tecnológica arquitetada e desenvolvida para ser um ambiente virtual de aprendizagem, um espaço que contém tudo o que educando e educador precisam para favorecer a aprendizagem. É um ambiente colaborativo no qual os educandos encontram espaço para registro de roteiros, para planejamento, para trocas de mensagens, realização de atividades, e os educadores também interagem para envio de orientações gerais e específicas, troca de mensagens, registros de avaliações, dentre outras possibilidades.

Você pode estar se perguntando qual a relação entre avaliação, aprendizagem e tecnologia (ambiente virtual de aprendizagem)? Dê sequência à leitura e descubra.

2 - Avaliação Escolar
A avaliação praticada no Projeto Âncora é do tipo formativa, contínua e sistemática, o que significa dizer que o que é priorizado nesse processo é a própria aprendizagem de cada aluno, o seu desenvolvimento cognitivo e atitudinal, que demandas e dificuldades apresenta, e como pode superá-las. Cada aluno é visto no individual e no coletivo de forma contínua e sistemática. Neste sentido, as estratégias e encaminhamentos pedagógicos são modificados, se necessário, a realidade do aluno é considerada e o trabalho se desenvolve dentro de uma parceria entre educando e educadores, visando sempre a boa aprendizagem e o desenvolvimento do aluno, como prevê a Lei de Diretrizes e Bases da Educação (LDB), nossa lei máxima, que no Âncora é aplicada na essência.
Quando a LDB estabelece que a avaliação deve ser contínua e priorizar a qualidade e o processo de aprendizagem (o desempenho do aluno ao longo de todo o ano e não apenas numa prova ou num trabalho), usa outras palavras para expressar o que o jargão pedagógico convencionou chamar de avaliação formativa. O primeiro a usar essa expressão foi o americano Michael Scriven, em seu livro Medotologia da Avaliação, publicado em 1967. Segundo ele, só com observação sistemática o educador consegue aprimorar as atividades de classe e garantir que todos aprendam”. Denise Pellegrini
Fonte: http://novaescola.org.br/conteudo/395/avaliar-para-ensinar-melhor
É no ambiente virtual de aprendizagem, interagindo e aprendendo, que eles registram e sistematizam suas aprendizagens e, também, vão construindo conhecimentos. Para o Projeto, tudo que é aprendizagem é também avaliação, sendo as duas ideias tratadas como sinônimos, onde está uma, está a outra. Portanto, avaliação, aprendizagem e tecnologia estão intrinsecamente ligadas durante o processo.
“Na prática, todas as avaliações realizadas pelos educadores no decorrer dos dias são registradas no processo individual do educando, que resulta em uma síntese elaborada pelo tutor, acrescida da avaliação de atitudes e competências”.
Fonte: http://projetoancora.org.br/index.php?lang=port
Nesse case, aprendizagem e avaliação não se separam, mas convergem e priorizam tanto os aspectos cognitivos, quanto aqueles que envolvem os valores, conforme ressalta o coidealizador do projeto, professor José Pacheco:
Os registros de avaliação e as evidências de aprendizagem constantes dos portfólios de avaliação dizem-nos o que as crianças aprenderam, quer no domínio cognitivo, quer no domínio atitudinal”.

Comentários

  1. Respostas
    1. Muito obrigada pela observação.Continue participando😉.

      Excluir
    2. Muito obrigada pela observação.Continue participando😉.

      Excluir

Postar um comentário

Deixe seu comentário aqui.

Postagens mais visitadas deste blog

Pedro II abre concurso federal para professor

Segue até o próximo dia 17 as inscrições para o concurso para preenchimento de vagas para novos professores no tradicional Colégio Pedro II. São 14 cargos efetivos nos ensinos Básico, Técnico e Tecnológico. Além disso os organizadores aproveitam para criar um banco de reservas para cada disciplina oferecida.
As inscrições são somente virtuais pelo site www.cp2.g12.br. Após preencher a ficha é necessário imprimir a GRU - Guia de Recolhimento da União - e efetuar o pagamento da taxa no valor de R$ 160,00. O concurso terá validade de 1 ano e poderá ser prorrogado por igual período.
Pertencente ao Governo Federal, o Pedro II é o terceiro colégio mais antigo do país ainda em atividade, depois do Ginásio Pernambucano e do Atheneu Norte-Riograndense. O Pedro II tem 13 mil alunos que estudam em 14 campi, sendo 12 no município do Rio de Janeiro, um em Niterói e um em Duque de Caxias, além de uma unidade de educação infantil.
Salário pode dobrar com titulação profissionalO salário básico é de R$ 4…

Passo a passo para utilizar o Benefício Boa Viagem

Olá, associado! Ainda tem dúvidas em relação ao Benefício Boa Viagem? No post de hoje vamos esclarecer essas questões e ainda mostrar o passo a passo de como utilizar este benefício.
1 – Leia o RegulamentoO primeiro passo é ler o regulamento e ficar atento às regras, cláusulas e condições do benefício. O regulamento está disponível em: http://www.appai.org.br/beneficio-boa-viagem.aspx
Site da Appai → Benefício Boa Viagem → Regulamento

2 – Pousadas Conveniadas O associado e beneficiário, regulares na Appai, deverão verificar os hotéis e pousadas no Guia do Associado ou em nosso site e fazer a sua escolha. São diversas opções de roteiros, que vão desde a calmaria da região serrana até as mais belas praias do Estado do Rio de Janeiro.
Site da Appai → Benefício Boa Viagem → Destinos e Pousadas

3 – ReservasDepois de escolher o destino e a pousada de sua preferência, o associado e/ou beneficiário deverão entrar em contato diretamente com o estabelecimento conveniado para fazer a reserva de estad…

A verdade sobre a "Loura do Banheiro"

Sem dúvida nenhuma: é a lenda urbana mais forte no Brasil, que de tempos em tempos ressurge como uma fênix, com uma nova roupagem, mas a essência continua a mesma. A “Mulher Loura”, como é conhecida no Rio, uma redundância em gênero que deixa os professores de português de cabelo em pé. Porém, na verdade ela assusta mesmo é gerações de estudantes. Certamente muitos professores que hoje tentam, em vão, acalmar seus alunos e desmistificar já foram aterrorizados por ela, um dia, quando frequentavam as carteiras escolares. A histeria coletiva chegou ao ponto de casos de escolas que suspenderam as aulas até que os alunos se acalmassem.

Evitar o banheiro a todo custoPara os professores um trabalho a mais. Muitos não iam ao banheiro sem que a professora fosse junto. Outros formavam grupos para seguirem coletivamente. Não era raro alguns prenderem suas necessidades esperando voltar para casa. Isso, quando não acontecia o pior, ao não resistirem a todo esse tempo de abstinência. Nunca vou me es…

3 novos destinos do Benefício Boa Viagem para você descansar

Chegou a hora de programar sua viagem. Com o Benefício Boa Viagem, duas diárias em hotel ou pousada já estão garantidas para você e um acompanhante. Agora só falta você escolher o seu destino e arrumar as malas. A nossa dica é: Região Serrana do Rio de Janeiro. Conheça as opções e agende agora mesmo sua próxima diversão!

PenedoConhecida como destino romântico, a cidade é ideal para quem procura tirar uns dias de tranquilidade. Com arquitetura finlandesa, o local tem um polo gastronômico riquíssimo especializado na culinária europeia e ainda conta, nesta época natalina, com uma atração sensacional chamada de “A Casa do Papai-Noel”, situada no Complexo Comercial Pequena Finlândia, um ponto turístico que não pode deixar de ser visitado por quem escolhe este destino.

Cachoeiras de MacacuSe você é fã de água doce, este é o destino ideal para os seus tão sonhados dias de descanso. Este paraíso ecológico fluminense oferece diversas cachoeiras que formam duchas, tobogãs e piscinas naturais, tud…

Quem é o NATIVO DIGITAL que o PROFESSOR vai encontrar na escola?

.Os professores que atuam, hoje, conhecem bem as características dos alunos com quem vão topar nas escolas?
Para que você possa compreender e mergulhar nesse texto conosco, descubra antes a qual geração você pertence, analisando os dados abaixo:
Geração dos Baby Boomers (nascidos no período do pós-guerra, entre 1946 e 1960)Geração X (nascidos entre 1960 e 1980)Geração Y (nascidos entre 1980 e 1995)Geração Z (nascidos depois de 1995)
Agora que você já se localizou, vamos avançar compreendendo quais gerações fazem parte do grupo chamado “NATIVO DIGITAL”.
Da geração “Y” para frente é que a tecnologia digital foi se tornando presente por meio de videogames, Internet, telefone, celular, MP3, iPod. Portanto, é a partir dessa geração que a classificação “Nativo Digital” passou a existir.
Conheça o conceito de Nativo Digital (ND), formulado pelo próprio autor da expressão, Mark Prensky (2001), especialista em Tecnologia e Educação, pela Harvard School:
“Nativos digitais são aqueles que crescer…