Pular para o conteúdo principal

Proposições para uma educação inovadora 2017



Em 2012, 65 países participaram do Programme for International Student Assessment (PISA), o Programa Internacional de Avaliação de Estudantes, que ocorre a cada 3 anos, para alunos na faixa dos 15 anos, priorizando Matemática, Leitura e Ciências. No ranking, o Brasil ficou na 58ª posição. Situação alarmante! Em 2015, participamos novamente, e os resultados serão disponibilizados em 6 de dezembro de 2016.

E foi pensando em avanço no cenário educativo que apresentamos uma relação com sete diferentes proposições para quem deseja iniciar 2017 tendo a inovação como parceira educacional. Na semana passada, foi a vez de aprofundarmos ideias sobre a primeira proposição listada: O desenvolvimento de competências socioemocionais. Hoje daremos atenção especial à segunda proposição, a saber: O desenvolvimento de competências cognitivas.

Mas, afinal, o que são competências cognitivas?
Competência significa “a capacidade de um sujeito de mobilizar recursos visando abordar e resolver uma situação complexa” (MORETTO). Cognitivo é uma expressão relacionada ao processo de aquisição de conhecimento (chamado também de cognição). A cognição envolve fatores diversos, como o pensamento, a linguagem, a percepção, a memória, o raciocínio, etc., que fazem parte do desenvolvimento intelectual. Intelecto é a faculdade de conhecer, é a mente em exercício.

Portanto, juntando os dois conceitos, podemos dizer que Competência Cognitiva é a capacidade de movimentar um conjunto de elementos da ordem do pensamento, da linguagem, da percepção, da memória, do raciocínio, da estratégia, dentre outros que fazem parte do intelecto, para abordar e resolver situações complexas. Mas como isso ocorre na prática?

Quando ainda muito pequenina, lá na creche e depois na pré-escola, a criança deve ser estimulada a desenvolver o cognitivo primário, que é marcado pelo desenvolvimento sensorial (por meio dos sentidos), e logo de forma concomitante vai aflorando a atenção, percepção e as demais funções já citadas. Já no ensino fundamental, a criança continua aprimorando essas funções e vai abrindo espaço para outras aquisições, tais como a leitura, a escrita, o raciocínio lógico, a estratégia, os pensamentos dedutivo e indutivo. O melhor dos mundos ocorre quando as competências são exercitadas por meio da resolução de problemas ou desafios concretos/reais. Dessa forma, utilizando a função executiva do cérebro (responsável pelo planejamento e execução da tarefa), promove-se o exercício das funções cognitivas, especialmente na segunda fase dos ensinos fundamental e médio, quando o professor pode e deve lançar desafios possíveis e estimular a busca por soluções. É importante observar como o aluno utiliza seus recursos cognitivos, como compreende um problema ou desafio dado, como processa, analisa, sintetiza, categoriza as informações.

Observe que, por uma questão didática, estamos apresentando um recorte para Competência Cognitiva, cientes de que o processo de aprendizagem é amplo e complexo, e que acontece integrado ao desenvolvimento das competências socioemocionais, não sendo possível dissociá-las.

Depois dessa breve observação, vamos em frente com as seguintes perguntas: Quais são os encaminhamentos pedagógicos para desenvolvimento das competências cognitivas propostos pelo Ministério da Educação? Como promover o desenvolvimento cognitivo com as diferentes faixas etárias e níveis escolares?

Pais e profissionais da área de educação sabem que nos últimos anos o governo brasileiro implementou programas de avaliação, tais como: o Sistema de Avaliação do Ensino Básico (SAEB) e o Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM), e que participou do PISA, chamando atenção para uma das dimensões do desenvolvimento humano, que é a competência cognitiva. Diante disso, e respondendo à primeira pergunta, destaco os links em que há uma descrição detalhada de como gerar desenvolvimento cognitivo, bem como as competências cognitivas priorizadas em cada um dos níveis de escolarização:


As indicações pedagógicas para o desenvolvimento cognitivo estão bem colocadas nos Parâmetros Curriculares e nas Diretrizes Nacionais, especificadas para cada nível do ensino básico.
Além disso, há outros sites que apresentam ideias práticas para o desenvolvimento de competências cognitivas, selecionadas dentro de três diferentes áreas: Matemática, Ciências e Comunicação. Consulte e aplique:

Pesquisa e Interpretação de dados:

Leitura e Interpretação:

Matemática:

Ciências:



Para cada atividade proposta, é necessário ter clareza do ritmo, nível e a realidade do aluno, de forma a manter a motivação, sem a qual nenhum estímulo para o cognitivo funcionará.

Comentários

  1. Muito bom Andréia.
    Na minha época, não fui instigada a aprender inglês, e agora adulta é uma dificuldade enorme. Por outro lado, quando era criança pude ter a oportunidade de aprender música, o que pra mim era uma brincadeira, era divertido. Creio eu, que quando somos crianças, absorvemos melhor as coisas, pq tdo para nós é uma brincadeira, e principalmente quando somos motivados e incentivados podemos desenvolver habilidades que quando adultos se tornam mais difíceis, não impossíveis, mas mais limitadas devido as nossas responsabilidades e correria do dia a dia.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, você tem razão, o lúdico desaparece da vida do adulto...Mas, sugiro que retome o inglês buscando uma metodologia mais adaptada ao seu estilo de aprendizagem. Você sabe identificar o seu estilo para aprender?

      Excluir

Postar um comentário

Deixe seu comentário aqui.

Postagens mais visitadas deste blog

A fotografia e o poder da imagem no mundo moderno

Da pintura como única forma de reproduzir o que os olhos presenciavam até as modernas maneiras de registrar a realidade, a fotografia descreveu uma trajetória cercada de muitas discussões a respeito do lugar que essa atividade deveria desempenhar no cotidiano das pessoas e no engrandecimento da cultura. O inventor francês Louis Daguerre foi o primeiro a criar algo que sugerisse a substituição dos artistas como forma de reproduzir visualmente a realidade. Em 1839 é anunciado o daguerreótipo, o primeiro ancestral das máquinas fotográficas. Na verdade muitos pesquisadores autônomos já haviam trabalhado e obtido alguns êxitos em desenvolver maneiras de reproduzir a imagem.
O mérito de Daguerre foi desenvolver uma máquina que dava início ao que iria se transformar numa das características que mais colaborariam para a popularização do ato de retratar: a possibilidade de cada pessoa poder utilizar sua própria câmera e produzir suas imagens, em substituição à habilidade individual de artistas …

Prestigiar o professor é o grande barato desta bienal

Conheça o trabalho de professores como você, participando das nossas tardes de autógrafo. Serão mais de 30 autores de diversos gêneros, como o colunista do blog da Appai e revisor da Revista Appai Educar, Sandro Gomes.

As três edições do Altos Papos já estão com inscrições abertas na página da Educação Continuada no Portal do Associado. Leia atentamente as condições de horário e transporte antes de confirmar sua presença.
Aproveite a visita e “seja capa” da Revista Appai Educar. Marque suas fotos com #SouAppai e apareça em nosso Facebook.
E ainda divirta-se em nosso espaço interativo e conheça um pouco mais sobre a appai.
PROGRAMAÇÃO COMPLETA


Setembro em ritmo de novidade!

Agora você pode conhecer os ritmos mais badalados do momento através das Oficinas de Dança! E melhor, não precisa estar matriculado para participar! É muito fácil!
Quem já está inscrito num espaço de dança é só conferir as datas e horários disponíveis no seu espaço. Para quem ainda não conhece, é o momento de experimentar, sem compromisso, a novidade do Benefício Dança, os diversos ritmos oferecidos, como: West Coasting Swing - Dança Cigana - Zumba - Charme.

A duração de cada oficina é de a 1 hora. Confira a programação abaixo:
------------------------------------- Ritmo: West Coasting Swing
Classic Festas
Estrada do Mendanha, 1531 Próximo ao Clube dos Aliados Campo Grande 04/09/17 20h Clube dos Oficiais da Marinha
Av. Passos, 122/2º andarCentro 11/09/17 19h Dançando com Arte
R. Gov. Portela, 1084 – Centro, Nova Iguaçu/RJNova Iguaçu 15/09/17 17h30 AC. Bio Fitness
Av. Cesário de Melo, 4799 salas 201 a 204Campo

3 verbos para a educação do século XXI

É fato, as gerações atuais pensam e vivem de forma bem diferente das pertencentes às décadas anteriores. A conexão digital traz respostas imediatas às dúvidas, os conteúdos são apresentados de forma qualitativa e diversificada, e, por isso mesmo, a dinâmica da educação se transforma e se renova. Esse novo contexto traz consigo a demanda por novas ações, e são os grandes especialistas em educação que apontam os pilares/tendências próprios para o século XXI. Para tornar o tema mais aplicável, vamos apresentar essas tendências por meio de três verbos:
CURAR CONECTAR PERSONALIZAR
CURAR O verbo “curar” (cuidar, zelar) carrega consigo algumas preciosas ideias que muito se afinam com o educar. Embora tenha se originado no contexto das artes, o conceito apresenta uma forte e intensa aplicação ao contexto pedagógico. O curador em educação é um guia competente, alguém que tem toda a condição de cuidar, mas não apenas isso. O curador da educação tem um olhar atento e crítico para as necessidades dos…

Rádio e TV Appai ganham programação especial para a Bienal Livro Rio

A TV Appai vai transmitir ao vivo os encontros “Altos Papos” direto de nosso estande na Bienal. Durante os dias de evento reportagens especiais também vão ser apresentadas.  E ainda, quem for ao nosso estande vai poder acompanhar uma mostra de nossos principais programas através de um telão de LED instalado de forma estratégica. São atrações como “Professor Curioso”, “Talentos A+” e vídeos de corridas.
Por sua vez, a Rádio Appai está com uma programação de serviço para ajudar quem for visitar a maior feira literária do país. Trazemos diariamente dicas de transporte de como chegar e sair dos Pavilhões do Riocentro. Também estamos com um espaço para serviço em que informamos os horários dos eventos e toda a agenda.
Juntas a Rádio e a TV Appai contam em suas programações a história da Bienal. Ao mesmo tempo em que é a maior e mais famosa do mundo, a Feira de Livros de Frankfurt, na Alemanha, também é a mais antiga. Ela começou a ser promovida logo após a imprensa ter sido inventada, não à …