Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Abril, 2017

Saiba para onde foram as suas doações

Quem participa dos eventos de corrida e dos Grandes Bailes da Appai sabe da importância do ato de trocar os kits por duas latas de leite. Essas doações são repassadas para mais de 70 instituições cadastradas no projeto Nutrindo, do Programa de Projetos e Ações Sociais (PPAS), que auxilia crianças, adolescentes e idosos de baixa renda ou em situação vulnerável de saúde.
A desnutrição e a exclusão social dos usuários dos serviços públicos e de instituições parceiras move a Appai para o atendimento adequado dessa demanda através do Projeto Nutrindo, que visa atender a diversas organizações sem fins lucrativos, contribuindo para a suplementação alimentar. Especialmente pessoas em tratamento contra o câncer, HIV e crianças de 0 a 6 anos.
Todo ano preparamosum relatório descrevendo essas ações sociais e o trabalho de voluntariado, para que você possa acompanhar e ver de pertinho para onde a sua doação foi enviada. O relatório de 2016 já está disponível no site da Appai. Para ter acesso, cli…

Novo sistema de identidade única: como funcionará?

Uma questão antiga foi aprovada pelo Senado Federal e pela Câmara dos Deputados. Um projeto de lei cria um documento único para cada brasileiro e deverá substituir o RG, o CPF, o título de eleitor e outros registros.
A proposta tramita no Congresso desde 2015, mas a polêmica é bem anterior. A primeira identificação unificada foi pensada em 1997, com uma lei aprovada por Fernando Henrique Cardoso.
Entenda como esse novo sistema deverá funcionar e quem será responsável pela sua implementação, caso o texto seja sancionado pelo presidente Michel Temer:
Atualmente, os brasileiros têm que fazer vários documentos:

A ideia é unificar esses documentos no DIN (Documento de Identificação Nacional)
Como deverá funcionar? O CPF será usado como base para a identificação do cidadão e será associado a um dado biométrico colhido eletronicamente. Com isso, não será mais necessário apresentar os outros documentos.

O documento poderá ser emitido pela Justiça Eleitoral e outros órgãos, caso o TSE autorize. A imp…

Você sabe como enfrentar a Baleia Azul?

Muito mais do que os efeitos propriamente ditos, a onda de boatos em torno do “jogo” vem transformando fatos ainda não comprovados e em fase de investigação numa verdadeira Lenda Urbana Cibernética. Verdade seja dita, o tema tem aterrorizado muito mais os pais do que os próprios adolescentes, vítimas em potencial. Independentemente de ser real ou não ou de ter a dimensão propagada, a onda provocada pelo rastro desta baleia alerta para a necessidade de uma atenção especial a todos que lidam com esta faixa etária, inclusive nós professores.
Alguns colégios começam a discutir o tema em conselhos de classe ou em reuniões extras com profissionais da educação e pais de alunos. Outros têm optado por enviar circulares e notificações para os responsáveis avisando da necessidade de lidarem com a temática em casa e arriscando orientações de como agir e conversar com os filhos. Porém, a iniciativa ainda é muito tímida, até mesmo por falta de informações concretas.
Na realidade a maioria dos profiss…

Mudanças que mexem com as nossas bases

Outro dia eu conversava com uma colega que é apresentadora de um programa em um canal de TV educativa. Por causa de sua profissão, ela viaja por diferentes trechos do Brasil para conhecer as necessidades e realidades das escolas em que a formação de professores é precária, sendo a escola e os professores impedidos (por falta de condições de conhecimento) de discutir, quem dirá elencar uma base curricular que lhes dê os nortes para a escolarização e o desenvolvimento dos alunos. Essa realidade é mais comum do que podemos imaginar. Entram em jogo as políticas de formação docente, que não são o nosso foco neste texto.
De outro lado, durante anos a área da Educação, de forma geral, discutiu a pertinência ou não de uma Base Nacional Comum Curricular, de uma base chamada de “oficial”, que funcionasse como referência obrigatória para a elaboração dos currículos nos Estados, nos Municípios, na rede federal e nas escolas particulares, estabelecendo o ponto aonde se quer chegar, enquanto os curr…

A construção da imagem de Tiradentes

Uma abordagem básica possivelmente revelará que Tiradentes é o herói preferido dos brasileiros, ficando à frente de nomes de grande apelo popular, como o líder Zumbi dos Palmares ou o arrojado D. Pedro I. Apesar de a história popularmente divulgada do Mártir da Inconfidência estar repleta de elementos de valor universal, como os ideais de liberdade e justiça, o fato é que a boa imagem do inconfidente é fruto da tentativa de acomodar esse momento da história aos objetivos de quem esteve nas proximidades do poder.
Foi na República que a imagem de Tiradentes começa a ser trabalhada de forma consciente e intencional. O movimento militar, de base positivista, que derrubou a Monarquia tinha em mente o objetivo bem explícito de atuar no imaginário da população, reduzindo a influência que o sistema colonial imprimira ao longo de mais de três séculos. Tiradentes era alferes, lutava pela instalação de um regime republicano e único condenado à morte na conspiração. Elementos, portanto, bastante i…

Pais e professores, o que os índices indicam?

Brasil – 79º lugar no IDH, 9º em economia mundial, 66ª posição no PISA,em MATEMÁTICA. Qual é a nossa posição nessa história?
O Brasil é o país que ocupa a 79ª posição no IDH – Índice de Desenvolvimento Humano (dados de 2015), e é o 9º EM ECONOMIA MUNDIAL (dados do Fundo Monetário Internacional, 2015). Dentre os setenta países que participaram do Programme for International Student Assessment(PISA), o Programa Internacional de Avaliação de Estudantes (Matemática, Leitura e Ciências), ocupamos a posição 63ª em CIÊNCIAS, 59ª em LEITURA e 66ª em MATEMÁTICA.
Você imagina que haja uma relação direta entre o IDH do Brasil (79ª posição), os resultados do PISA e a posição na economia (9ª)?
Nada é tão simples quanto parece. Há um mar de aspectos e influências que circundam cada um desses índices apresentados. Embora o objetivo com este texto não seja analisar todos eles, a relação foi estabelecida para que, como profissionais da área de educação e como pais, abramos os nossos olhos para os índices…