Pular para o conteúdo principal

6 dicas para começar bem o 2º semestre


Fim de férias. A síndrome do fantástico toma conta quando você pensa que o tempo de descanso terminou, as aulas vão iniciar e é preciso voltar ao trabalho. No geral, esse quadro não está diretamente ligado à volta às atividades, embora a rotina do professor seja muito intensa. O que ocorre é que, muitas vezes, nesta época do ano, já ligamos o piloto automático e começamos a operar por instrumentos, e assim nos sentimos muito mais cansados justamente por conta da tal rotina.

Você não é a única pessoa a se sentir assim, mas pode mudar esse quadro ainda este ano. Leia atentamente cada uma das seis dicas que preparamos para que você possa ter um semestre diferente e produtivo. Vamos a elas?

  1. MOTIVAÇÃO
Vive em paz quem gosta do que faz! Se os seus dias são enfadonhos e você não sente nenhuma realização profissional, há algo errado. É preciso compreender o que lhe traz MOTIVOS PARA A AÇÃO. Descobrir o que lhe dá satisfação no trabalho, o que faz brilhar seus olhos, é fundamental para que o dia passe voando e você se sinta realizado ao chegar em casa depois de uma jornada de trabalho, com a certeza de que investiu a sua energia e concluiu o dia “cansado, mas feliz”.
Se você não encontra satisfação no trabalho que realiza, BUSQUE AJUDA PROFISSIONAL o quanto antes (indicamos procurar um psicólogo), pois cada um tem uma vocação, e a vida tem um sabor especial quando há realização profissional. Lembre-se, a vida é curta e não pode ser desperdiçada. Faça valer a pena!
Agora, se você tem claros os motivos para uma ação, então parta para o planejamento dela.

  1. PLANEJAMENTO / METAS
Já dizia o ditado, quem não planeja está planejando fracassar. A nossa abordagem aqui vai para o planejamento pessoal: pensar as atividades e os tempos destinados dentro de seu dia, mês e semestre.
Uma sugestão prática é separar algumas horas do dia para escrever pelo menos duas grandes metas para o restante do semestre e definir como fará para alcançá-las. Escolha metas factíveis, motivadoras, possíveis de realização em médio prazo e que lhe trarão satisfação.
Por exemplo: Quer viajar em dezembro? Então já escolha o local, pesquise valores e o tempo de que poderá dispor, ciente da quantia que será necessário reservar a cada mês até dezembro. É possível encontrar valores muito mais atrativos se as reservas de passagens e hospedagem forem feitas com meses de antecedência. Você vai se surpreender.
Mas lembre-se também de lançar a você mesmo desafios de mudanças de hábitos. Por exemplo, planeje começar uma atividade física, mudar a alimentação, separar horas sagradas para o sono, tempo para o lazer e tempo para aprender. Vamos ver na sequência mais dicas para cada um desses tópicos.

  1. ALIMENTAÇÃO
Certamente você já sabe de todas essas dicas que serão apresentadas, portanto a sugestão é colocá-las em seu planejamento diário, incluindo lembretes do tipo “tomar água”, “hora sagrada da refeição”.

  • Tente manter uma alimentação saudável, com variedade de frutas, legumes e hortaliças.
  • Evite alimentos refinados, como pão, açúcar, trigo e arroz branco. Dê preferência à versão integral, que, além de oferecer a maioria dos nutrientes, por não ter passado por processos de branqueamento, não contém substâncias químicas.
  • Evite também alimentos processados, industrializados e embutidos, pois fazem um tremendo mal à saúde.
  • Separe um tempo sagrado para as refeições e as faça em um lugar calmo. Mastigue bem os alimentos, pois eles devem ficar triturados para que a saliva possa agir.
  • Evite tomar líquidos juntamente com as refeições, pois isso elimina do processo de digestão uma das mais preciosas etapas, aquela em que as enzimas da saliva envolvem o alimento mastigado e agem nele, tornando o seu aproveitamento muito maior e mais adequado.
  • Tome água durante o intervalo das refeições. Os especialistas orientam ingerir 2 litros ao longo do dia.

  1. SONO
Dê importância às horas de sono, lembrando que adultos entre 18 e 64 anos devem dormir de 7 a 9 horas consecutivas.
Os especialistas no assunto explicam que o sono tem duas fases, de 90 minutos cada. A primeira delas, em que a atividade do cérebro é intensa, é a fase do MOVIMENTO RÁPIDO DOS OLHOS (MRO). A segunda, em que o sono é mais profundo, é chamada de MOVIMENTO NÃO RÁPIDO DOS OLHOS (MNRO). Durante a noite, embora o ciclo de cada fase seja de 90 minutos, há uma diferença na proporção entre a fase de sono MRO e a fase MNRO. Nas primeiras horas de sono da noite, temos mais ciclos de MNRO, e nas primeiras horas de sono do dia, mais ciclos de MRO. Assim, se você for dormir muito tarde, certamente terá poucos ciclos do sono mais profundo e reparador.
Evite TV ligada ou luz artificial na hora de dormir, pois o corpo precisa do escuro para estimular a secreção de melatonina, fundamental para induzir o sono.
É necessário também haver temperatura adequada ao corpo e estar em um ambiente silencioso.

  1. ATIVIDADE FÍSICA / LAZER


Segundo o Ministério da Saúde, a prática de 30 minutos de exercícios físicos moderados durante o dia já retira do cidadão a condição de sedentário.
Portanto, escolha uma atividade física que o agrade e realize-a com regularidade. Aqui entra em cena a disciplina, pois é preciso praticar com prazer, para não correr o risco de interrupção.
As atividades físicas trazem uma enorme sensação de bem-estar, reduzem e até eliminam definitivamente vários problemas de saúde e ainda diminuem a probabilidade de depressão, além de moderar o apetite, melhorar o humor e aumentar a resistência física. Aposte em atividades físicas neste semestre e dê continuidade a elas nos próximos para colher excelentes resultados.


É fundamental colocar o lazer na lista de prioridades. Determine um tempo semanal para descanso e entretenimento com a família. Assistir a uma boa peça teatral, ir a uma exposição de arte ou a um musical, visitar parques com muito verde ou mesmo ir ao cinema. As atividades de lazer são muito variadas, e você pode e deve usufruir delas para o seu bem-estar e crescimento cultural.

  1. APRENDIZAGEM

Albert Einstein já dizia que “a mente que se abre a uma nova ideia jamais voltará ao seu tamanho original”.
Estudar e aprender são atividades intelectuais da esfera do cognitivo, que não só ativam a concentração como também aumentam a capacidade de memória e ainda protegem o cérebro de doenças degenerativas, como, por exemplo, o Alzheimer. Portanto, estudar e aprender fazem parte de uma receita chamada ginástica mental, que precisa ser inserida nos planos diários.

Existem atividades específicas para a memória que podem ser praticadas de forma lúdica. Alguns exemplos são: caça-palavras, palavras cruzadas e quebra-cabeças. Pode-se ainda exercitar a memória assistindo a um filme e relatando-o a alguém, fazer uma lista de compras e tentar lembrar-se dos itens sem recorrer a ela e ainda guardar os passos de uma dança ou a fala de um personagem em uma peça de teatro. O importante é não deixar a mente acomodada, pois ela também precisa ser exercitada para não entrar em colapso!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

A fotografia e o poder da imagem no mundo moderno

Da pintura como única forma de reproduzir o que os olhos presenciavam até as modernas maneiras de registrar a realidade, a fotografia descreveu uma trajetória cercada de muitas discussões a respeito do lugar que essa atividade deveria desempenhar no cotidiano das pessoas e no engrandecimento da cultura. O inventor francês Louis Daguerre foi o primeiro a criar algo que sugerisse a substituição dos artistas como forma de reproduzir visualmente a realidade. Em 1839 é anunciado o daguerreótipo, o primeiro ancestral das máquinas fotográficas. Na verdade muitos pesquisadores autônomos já haviam trabalhado e obtido alguns êxitos em desenvolver maneiras de reproduzir a imagem.
O mérito de Daguerre foi desenvolver uma máquina que dava início ao que iria se transformar numa das características que mais colaborariam para a popularização do ato de retratar: a possibilidade de cada pessoa poder utilizar sua própria câmera e produzir suas imagens, em substituição à habilidade individual de artistas …

Prestigiar o professor é o grande barato desta bienal

Conheça o trabalho de professores como você, participando das nossas tardes de autógrafo. Serão mais de 30 autores de diversos gêneros, como o colunista do blog da Appai e revisor da Revista Appai Educar, Sandro Gomes.

As três edições do Altos Papos já estão com inscrições abertas na página da Educação Continuada no Portal do Associado. Leia atentamente as condições de horário e transporte antes de confirmar sua presença.
Aproveite a visita e “seja capa” da Revista Appai Educar. Marque suas fotos com #SouAppai e apareça em nosso Facebook.
E ainda divirta-se em nosso espaço interativo e conheça um pouco mais sobre a appai.
PROGRAMAÇÃO COMPLETA


Setembro em ritmo de novidade!

Agora você pode conhecer os ritmos mais badalados do momento através das Oficinas de Dança! E melhor, não precisa estar matriculado para participar! É muito fácil!
Quem já está inscrito num espaço de dança é só conferir as datas e horários disponíveis no seu espaço. Para quem ainda não conhece, é o momento de experimentar, sem compromisso, a novidade do Benefício Dança, os diversos ritmos oferecidos, como: West Coasting Swing - Dança Cigana - Zumba - Charme.

A duração de cada oficina é de a 1 hora. Confira a programação abaixo:
------------------------------------- Ritmo: West Coasting Swing
Classic Festas
Estrada do Mendanha, 1531 Próximo ao Clube dos Aliados Campo Grande 04/09/17 20h Clube dos Oficiais da Marinha
Av. Passos, 122/2º andarCentro 11/09/17 19h Dançando com Arte
R. Gov. Portela, 1084 – Centro, Nova Iguaçu/RJNova Iguaçu 15/09/17 17h30 AC. Bio Fitness
Av. Cesário de Melo, 4799 salas 201 a 204Campo

3 verbos para a educação do século XXI

É fato, as gerações atuais pensam e vivem de forma bem diferente das pertencentes às décadas anteriores. A conexão digital traz respostas imediatas às dúvidas, os conteúdos são apresentados de forma qualitativa e diversificada, e, por isso mesmo, a dinâmica da educação se transforma e se renova. Esse novo contexto traz consigo a demanda por novas ações, e são os grandes especialistas em educação que apontam os pilares/tendências próprios para o século XXI. Para tornar o tema mais aplicável, vamos apresentar essas tendências por meio de três verbos:
CURAR CONECTAR PERSONALIZAR
CURAR O verbo “curar” (cuidar, zelar) carrega consigo algumas preciosas ideias que muito se afinam com o educar. Embora tenha se originado no contexto das artes, o conceito apresenta uma forte e intensa aplicação ao contexto pedagógico. O curador em educação é um guia competente, alguém que tem toda a condição de cuidar, mas não apenas isso. O curador da educação tem um olhar atento e crítico para as necessidades dos…

Rádio e TV Appai ganham programação especial para a Bienal Livro Rio

A TV Appai vai transmitir ao vivo os encontros “Altos Papos” direto de nosso estande na Bienal. Durante os dias de evento reportagens especiais também vão ser apresentadas.  E ainda, quem for ao nosso estande vai poder acompanhar uma mostra de nossos principais programas através de um telão de LED instalado de forma estratégica. São atrações como “Professor Curioso”, “Talentos A+” e vídeos de corridas.
Por sua vez, a Rádio Appai está com uma programação de serviço para ajudar quem for visitar a maior feira literária do país. Trazemos diariamente dicas de transporte de como chegar e sair dos Pavilhões do Riocentro. Também estamos com um espaço para serviço em que informamos os horários dos eventos e toda a agenda.
Juntas a Rádio e a TV Appai contam em suas programações a história da Bienal. Ao mesmo tempo em que é a maior e mais famosa do mundo, a Feira de Livros de Frankfurt, na Alemanha, também é a mais antiga. Ela começou a ser promovida logo após a imprensa ter sido inventada, não à …