Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Fevereiro, 2017

Olimpíada Brasileira de Astronomia e Astronáutica abre inscrições para Escolas Públicas e Particulares

Ao observar o céu à noite, seu aluno fica curioso sobre como as estrelas se formam, evoluem e morrem? Ele se interessa sobre buracos negros, big bang e cosmologia? Então, o lugar dele é na Olimpíada Brasileira de Astronomia e Astronáutica (OBA). Aproveitando o início do ano letivo, que tal animá-lo a participar da 20ª edição?  Alunos dos ensinos fundamental e médio, de escolas Públicas e Particulares, podem participar da competição que possui fase única e acontece no dia 19 de maio. As instituições precisam fazer a inscrição por meio do site oficial do evento até o dia 19/03/2017. O objetivo da OBA, de acordo com o Dr. João Batista Garcia Canalle, astrônomo e coordenador nacional do evento, é levar “a maior quantidade de informações sobre as ciências espaciais para a sala de aula, despertando o interesse nos jovens”. Em 20 anos de existência, a OBA já superou a marca dos 8 milhões de participantes e distribui anualmente cerca de 40 mil medalhas. A Olimpíada é dividida em quatro níveis.…

Recursos tecnológicos para uma educação presente

Um dia desses, ouvi uma comparação interessante: “Temos uma escola do século XIX com professores do século XX e alunos do século XXI”. A frase tem sentido, infelizmente, e é carregada de verdades…
Com raras exceções, as escolas estão estruturadas da mesma forma, com praticamente os mesmos recursos, há mais de 100 anos. É comum haver em salas de aula, especialmente das escolas públicas, um quadro verde ou negro e giz. As carteiras são posicionadas umas atrás das outras, de forma a manter cabeça atrás de cabeça, evitando assim que os alunos façam contato visual, e mantendo cada um deles voltados na direção do professor e do quadro, sem muita oportunidade para a comunicação horizontalizada. Muitos professores, dentro desse contexto, repetem metodologias de ensino originadas no século XX como legítimos transmissores do conhecimento.
Estudos comprovam que, nesse contexto jurássico, ao chegar à metade do tempo previsto de uma aula, 75% dos alunos de uma turma já estão completamente dispersos,…

A origem do carnaval brasileiro

O carnaval brasileiro é sem dúvida uma das mais conhecidas festas do planeta, cuja fama superou em muito as celebrações carnavalescas do passado, como as celebrações dionisíacas da Antiguidade e as da Europa medieval. E talvez o grande diferencial da festa entre nós esteja na forte influência da cultura africana, que introduziu várias manifestações na comemoração do carnaval, que se tornariam célebres, como os batuques, as danças e, éclaro, o samba. Por esse motivo não falta quem pense que o carnaval é uma festa tipicamente africana.
No entanto, um passeio pelas origens do carnaval brasileiro no final do século XIX nos revelará um quadro diferente.A celebração do carnaval, independente de seu caráter de festividade popular que incluía as classes menos abastadas, estava também relacionada aos objetivos das elites em se aproximar de hábitos e costumes europeus. Ainda em meados do século XIX são criadas sociedades carnavalescas, como “O congresso das sumidades carnavalescas” e “União vene…

Recursos Tecnológicos e Educação: Plataformas e Ambientes Virtuais de Aprendizagem

No texto de hoje, que tem caráter informativo, o objetivo é explorar alguns recursos tecnológicos disponíveis aos professores, esclarecendo conceitos e estabelecendo diferenças. De posse desse conhecimento, é possível aplicá-lo no contexto educativo.
PLATAFORMAS: AMBIENTES VIRTUAIS DE APRENDIZAGEM
Como o próprio nome registra, AMBIENTES VIRTUAIS DE APRENDIZAGEM são ambientes on-line próprios para o desenvolvimento do processo de aprendizagem. Carinhosamente denominados de AVAS, esses ambientes podem, em geral, ser comparados simbolicamente a salas de aulas ou espaços de aprendizagem, porém virtuais. Nesse espaço, há conteúdos que podem estar dispostos nos mais diferentes formatos: vídeo, textos em pdf, imagens, áudios, animações, e por aí afora, respeitando as especificidades de cada formato.
Simples assim. Da mesa forma como se acessa um site pela internet, via um endereço eletrônico, também é possível acessar um Ambiente Virtual de Aprendizagem inserindo login e senha que personalizam …

Conhecendo a Cabanagem

O Brasil dos anos posteriores à Independência foi marcado pelas várias rebeliões regionais, que deixaram exposta a insatisfação de muitas lideranças locais com os rumos que foram sendo tomados pelo Primeiro Reinado, que certamente não correspondeu a muitas das expectativas criadas durante o pacto que ajudaria a pôr fim ao domínio da coroa portuguesa. O resultado foi um clima de desordem provocado pela falta de confiança no novo regime, que levou a muitos movimentos, quase todos de caráter separatista, que mobilizaram tanto oligarquias regionais, como no caso da Revolução Farroupilha no Sul do país, quanto setores populares, como aconteceria em episódios como a Revolta dos Malês, que chamaria a atenção para a precária situação que atingia a economia agrária e escravocrata do Nordeste brasileiro. No universo dos muitos conflitos desse período que entrariam para a história do Brasil, um deles se destacaria por vários aspectos específicos e pode-se dizer que não teve ainda reconhecida, no …

Transmídia e Educação

NARRATIVA TRANSMÍDIA: CONCEITOS A Narrativa Transmídia é uma estratégia de comunicação colocada em prática por meio de várias ações de comunicação desenvolvidas para diferentes mídias (digitais ou analógicas), apresentadas sequencial ou simultaneamente. Simplificando, podemos dizer que, ao fazer uso da Transmídia, você escolhe um tema e seleciona diferentes e complementares tópicos sobre ele para serem disponibilizados em diversas mídias, conforme a especificidade de cada uma delas.
TRANSMÍDIA E MULTIPLATAFORMAS Um mesmo tema, padronizado e apresentado integralmente e igual, multiplicando-se em diferentes plataformas, é uma estratégia multiplataforma, não significa transmídia. Na narrativa transmídia, embora o tema macro, denominado por alguns autores de NAVE-MÃE, seja um, há certa diversificação de tópicos que decorrem do tema macro e que no fim do processo de comunicação, por meio das diferentes mídias, o complementam e até ampliam.
EXEMPLOS DE TRANSMÍDIA Vamos dar sequência apresentando…

O Renascimento e as revoluções científicas

Se por um lado o Renascentismo trabalhou com o estigma do novo e da reformulação de certas visões, por outro é necessário ter em mente que as fontes nas quais ele se inspira são o mundo da Antiguidade, isto é, anterior ao próprio universo medieval do qual procuram se destacar. Assim, as novas concepções propostas pelos grandes expoentes da Renascença não se originaram diretamente da realidade cultural que viviam, mas foram buscadas na cultura clássica, na referência que acabaria mais imediatamente reconhecida como base da visão de mundo da Europa e do Ocidente: o universo greco-romano.
As origens do que entendemos por Renascentismo podem ser procuradas nos chamados humanistas italianos, que começaram a garimpar em textos e obras do mundo clássico novas maneiras de responder as demandas que se colocavam num mundo cada vez próximo das referências da modernidade e mais distante das visões que se consolidaram nos séculos medievais. Esses pensadores da Itália do século XV levaram para o cen…

O desafio de educar no século XXI

"Nem tanto ao mar nem tanto ao céu. Equilíbrio é necessário."

“Os alunos de hoje não são mais os mesmos”. Ouvi essa frase inúmeras vezes, e também inúmeras vezes fiquei me perguntando: com tantas mudanças ocorrendo nos últimos anos, como os alunos poderão ser os mesmos? Nem eu nem vocês, pais e professores, somos os mesmos. Esse é o primeiro paradigma que precisa ser desconstruído quando o assunto em pauta é o desafio de educar no Terceiro Milênio. Mas, afinal, quem é o aluno, quem é o filho do século XXI?
Segundo Michel Serres, filósofo e professor da Universidade de Stanford, na Califórnia, esses alunos são “a geração do pequeno polegar”. Você lembrou do Pequeno Polegar, o famoso pequenino das histórias infantis, do tamanho de um dedo polegar? Na verdade, não foi a esse polegar que Serres se referiu, mas sim à nova geração, que interage com a mídia e com as novas tecnologias como a própria extensão do corpo. Dia desses, estava eu no hall de uma escola aguardando uma amiga pr…

Saiba como se proteger de e-mails maliciosos

Sabe aquele e-mail que pede para você verificar, clicando no link, se o seu nome está no SPC, se você ganhou uma bolada de 100 mil reais ou, ainda, se aquelas fotos ousadas tiradas na última festa são suas? Os e-mails que possuem essas características provavelmente podem estar cheios de vírus ou conter programas maliciosos. Mandados para uma tentativa de obter suas informações pessoais ou uma possível extorsão, a temática é tema contante em diversas rodas de bate-papo, sejam virtuais ou reais. Existe, até mesmo, uma data que promove essa discussão formalizada sobre o assunto.
Hoje, é comemorado mundialmente o Dia da Internet Segura, também conhecida por “Safer Internet Day”. Para celebrar esta data e alertar os internautas sobre as ameaças na web, a Appai, em parceria com o setor de Redes, apresenta dicas úteis para manter as informações corporativas e domésticas longe dos hackers, e sempre em segurança.
O Phishing ainda é um dos vetores de ataque mais comuns e bem-sucedidos utilizados…